Sobre famosos muçulmanos e mulheres agredidas em Curitiba-PR

Quem diz odiar os muçulmanos, mas foi fã de Muhammad Ali, Michael Jackson,  ou é fã de Zidane, Mike Tyson, Ice Cube, Cat Stevens, Everlast, Snoop Dogg, é incoerente pois são todos islamitas. Os contra a imigração Árabe, devem saber que Beto Carreiro, Fagner, Maurício Mattar, Tony Kanaan também são árabes. O mundo não deve ser limitado por governos que generalizam os bons juntamente com os ruins. A sociedade livre é o melhor caminho para a vitória do cidadão de bem e a derrota de terroristas.

Não gosto de ficar batendo nessa tecla, mas é meu dever de cristão alertar a todos que os islamitas também são descendentes de Abraão, e os mesmos que querem acabar com os muçulmanos, são os mesmos que querem acabar com os cristãos e judeus. E como eles não tem como fazer isso, colocam a gente para fazer o trabalho sujo, então criam ódio entre cristãos, judeus e muçulmanos e enquanto nos matamos, eles dão risada, se regozijam ao ver o povo de Deus se matando.

Não precisamos mais ir para o Oriente Médio para a jihad, em Curitiba-PR duas mulheres foram agredidas, uma levou pedrada e a outra uma cuspida na face. Segundo a Sociedade Beneficiente Muçulmana do Paraná a única razão da agressão foi por elas serem islamitas. Sinceramente os comentários que ouço de alguns colegas sobre o Islã são tão radicais e terroristas quanto os praticados pelo ISIS e cia. E a desculpa é de que eles são radicais demais. Podemos resolver a maior parte do problema na paz. Acabo com o ISIS sem matar um muçulmano sequer


Saiba mais:

Acabo com o ISIS sem matar um muçulmano sequer

Muçulmanas levam pedradas e cuspe no rosto em Curitiba

http://virgula.uol.com.br/album/musica/artistas-que-viraram-muculmanos/#img=1&galleryId=658322

http://www.centroislamicobauru.no.comunidades.net/index.php?pagina=1387790849_01

Árabes Famosos do Brasil

Atletas Muçulmanos

Renato Furtado
About Renato Furtado 94 Articles

Monoteísta Noeísta, empresário e luta pela Democracia Plena.
Dono da página Todo Trabalhador é Capitalista e RenatoFurtado.com no Facebook.

5 Comentários

  1. Olá, Renato, tudo bem? Eu não odeio os muçulmanos, e nem sou fã de 99.99% dos que estão aí (embora Michael Jackson fosse Testemunhas de Jeová), apenas tenho a convicção absoluta de que este papo de que o “o islamismo é da paz” é pura balela desta imprensa.

    • Bom, Renato, quanto a “sair matando todos”, não acho que seja esta a intenção, mas o que precisa ser feito é, sim, atacar onde é de conhecimento que eles estão, os potenciais terroristas, estes, sim, ao contrário de nossa presidANTA, não há diálogo. Sobre serem “da paz”, até creio que sim, bastaria fazer um simples teste e perguntar a opinião deles sobre a sharia. Se discordarem, são da paz! Mas não creio muito nisto, não, na Turquia, onde dizem ser o lugar onde há muçulmanos mais, digamos, moderados, houve um jogo de futebol onde os jogadores fizeram um minuto de silêncio pelas mortes ocorridas em Paris. REsultado: A torcida, praticamente em uníssono, não apenas desrespeitou o minuto de silêncio como gritava, em alto e bom som, louvores à Maomé.

Comente para que eu possa evoluir a cada artigo